quarta-feira, 28 de abril de 2010

A tal da saudade...

Ultimamente tenho acordado com um estranho vazio,
umsentimento estranho, que nunca tinha sentido antes
um sentimento que traz, depois de uma sensação boa,
uma enorme dor. A tal da saudade.

O lado bom são as lembranças, os sorrisos e
os momentos que nunca me esquecerei.
Conhecer voces foi uma das melhoras coisas
que já me aconteceu na vida.
Cada instante foi único e ficará para sempre.

Do outro lado vem o sentimento de dor,
insegurança, medo, a tal da saudade.
Nunca imaginei que fosse tão dificil...
Mas foi! Ou melhor, está sendo.
Saudade dói e não desejo isso pra ninguem .

E hoje estou aqui, para agradecer
e fazer um simples pedido...
Agradecer por tudo!
Acho que isso basta!

E pedir para que essa relação
nunca termine!
Porque essa amizade é uma
das coisas mais valiosas que tenho!

Por favor, não sumam amigas,
não quero perder o contato,
não quero perder a amizade,
não quero perder a minha felicidade!

Bom, é isso... acho que agora descobri o verdadeiro significado daquela musica... '' a dor da saudade, quem é que nao tem?''

Para Malu, Fernanda e Karen... pra voces, o meu muito obrigada!

2 comentários:

Malu Paixão disse...

amigaaaa... eu tinha lido esse poema, e pensei q ja tinha comentado com vc... ficou lindo!
eu aqui, toda sentimental e vc vem com uma dessa pra me fazer chorar! rss
eu ate evito olhar as fotos pq dói viu;
uma dorzinha estranha.
não dizem que quanto maior o apego maior é a saudade? então...
sofrimento demais nao fazer mais parte da sua rotina.
que saudade!
bjss

mil-ene disse...

que lindo, Renatinha!!! Tenho certeza de que a amizade de vcs será eterna...As fotos me emocionaram... bjo gde