quarta-feira, 1 de setembro de 2010

100 anos e uma única história


1º de setembro de 1910. Surgia um novo time, mas não era um time qualquer, era um time acompanhado de uma nação, de torcedores que vão além dos gritos ensaiados e das vibrações nas arquibancadas, torcedores que apóiam na alegria e na tristeza, que são uma família, que são o coração do time.
Dormi e acordei pensando: 100 anos é muito mais do que uma vida e 100 anos fazendo sucesso, arrepiando e acelerando os corações de cada um que vive essa história é impressionante, emocionante, assustador!
Sou corinthiana desde que me entendo por gente e hoje me perguntei: por que o Corinthians é tão especial? Tão emocionante? Por que essa entrega enorme por parte dos torcedores para o time? Pensei, pensei e cheguei à minha conclusão. O Corinthians é assim porque é algo único! Não é semelhante muito menos igual a qualquer outro time.
É o Corinthians da torcida mais unida e arrepiante do Brasil e a única que fez parte da história da Brasil ao se impor contra a Ditadura Militar. A torcida que lota o estádio estando o time em primeiro ou em último, que empurra e vai com ele até para a segunda divisão. A torcida que nunca desanima e está sempre pronta para criar hinos como ‘’Eu nunca vou te abandonar por que te amo’’.
Quando fui ao estádio ver um jogo pela primeira vez, senti na pele a emoção e o orgulho de ser Corinthiana. É uma energia inexplicável, uma emoção enorme que dá até um nó na garganta. Tantas pessoas ali, por um único motivo: aplaudir o timão! Milhões de vozes ecoando o mesmo hino e vibrando a cada jogada! É maravilhoso, um verdadeiro espetáculo!
É o Corinthians que saiu da segunda divisão e foi direto para campeão paulista e campeão da Copa do Brasil em menos de um ano. O Corinthians que foi Campeão Mundial e que ainda está esperando a libertadores sim, mas tudo tem sua hora! E como diz o brilhante Toquinho ‘’Ser corinthiano é ir além de ser ou não ser o primeiro’’. O Corinthians da garra, da luta, da raça, da esperança e do amor incondicional. O Corinthians da fiel!
O Corinthians de heróis brilhantes, do Sócrates, do Neto, do Biro-Biro, do Wladmir, do Marcelinho Carioca, do Felipe,do Rincón, do Dida, do Andres Sanchez, do Jorge Henrique, do Dentinho, do Roberto Carlos e do Ronaldo. O Corinthians das personalidades, do Antônio Fagundes, do Rubinho, do Washington Olivetto, do Datena, do Juca Kfury, da Paula Lima, do Dan Stulbach, da Sabrina Sato, do Serginho Grosiman, o meu Corinthians, o nosso Corinthians!
Me desculpem os palmeirenses, são paulinos, santistas e afins, mas ser corinthiano é diferente! Algo que, sinto muito, mas vocês nunca poderão vivenciar! Falem o que for, mas meu Corinthians é O time! E obrigada por existirem, afinal, o que seria de um super-herói sem seus inimigos?
Parabéns Corinthians, e que venham mais 100 anos de lutas, glórias e alegrias pela frente!
E pra encerrar, não encontrei melhor definição do que a do Globo Esporte na homenagem feita no programa de hoje: ‘’Corinthians não se explica, se sente’’.


‘’Se repararem bem, o símbolo do Corinthians possui dois remos e uma âncora. A âncora é o símbolo da esperança e os remos somos nós, torcedores, sempre levando o time para frente.’’ (Antônio Fagundes)


‘’Um sentimento que invade a alma e não tem explicação’’ (Samba Enredo, Gaviões 2010)
‘’Não podia imaginar passar por essa vida sem vestir essa camisa.’’ (Ronaldo)

Nenhum comentário: