quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

A tal da felicidade;

Busque sua felicidade. Se sentir que algo te faz mal ou te tira esse sorriso lindo do rosto, saia de perto, passe longe, e corra atrás do que te faz sentir a sensação mais incrível de todas: a tal da felicidade. E não pense que é algo impossível ou inalcansável, a felicidade está aí, do teu lado, nas menores e mais simples coisas da vida.
Curta sua família, aproveite cada segundo ao lado daqueles que são sangue do seu sangue e que fazem o impossível pra te ver bem. Saia com seus amigos, se divirta e o principal, sorria! Ainda acredito que rir é o melhor remédio e ninguém até agora me provou o contrário.
Ame sempre, mas se não puder amar, apenas suporte. Sua vida vai ficar melhor, pode ter certeza! Distribua abraços para as pessoas por quais você sente algum carinho. Abraços são reconfortantes e aliviam a tristeza.
Chorar? Também é permitido, desde que seja feito com moderação, afinal você sempre terá alguém para enxugar suas lágrimas e te fazer sorrir.
Tem um ídolo? Não tenha vergonha de expressar seus sentimentos! Corra atrás, aplauda mesmo, só não faça escândalos, tenho certeza que isso será ótimo pra você e para ele. Ouça suas músicas preferidas, cante, dance e curta muito!
Tem algum hobbie? Não deixe de praticá-lo! Mesmo que não seja o melhor no que faz, nunca pare! Fazer coisas que gostamos só nos trará o bem! Como sempre digo: danço por que me faz bem e não por que danço bem (o que está beem longe dos meus planos!)!
Torce pra algum time? Grite, vibre, aceite as derrotas e torça muito!
Por fim, sonhe! Nunca deixem que tirem de sua cabeça o que você sempre quis e desejou! Corra atrás! E não desista! Caiu? Tombos são feitos para levantarmos! Seja por vontade própria ou com alguém segurando em sua mão! Expresse seus sentimentos, mostre quem você é, e o principal: Seja sincero/a com você mesmo/a!

2 comentários:

Má Alvarenga disse...

Excelente post! Pra cima e bem alegre!!

Concordo com todas as palavrinhas aí escritas...

Aláina Vanzella disse...

Adorei !
Tá super certa